Ilha das flores (Capitalismo e Consumismo)

O filme: Ilha das Flores é um documentário, de curta-metragem, escrito e dirigido pelo cineasta Jorge Furtado em 1989, com produção da Casa de Cinema de Porto Alegre.

O melhor filme (do) Festival de Gramado dura menos de 20 minutos e narra a trajetória de um tomate. Depois da exibição de ILHA DAS FLORES, o Cine Embaixador ouviu a maior ovação deste ano. Todos os outros curta metragistas que esperavam levar o Kikito de melhor filme ficaram de cabeça baixa. (…) Não há dúvida: ILHA DAS FLORES é uma obra-prima. Depois dele, o documentário nunca mais será o mesmo.” (Crítica de Artur Xexéo, Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 17/06/1989. Reproduzida na página: http://www.casacinepoa.com.br/os-filmes/produção/curtas/ilha-das-flores).

Sinopse: Um tomate é plantado, colhido, transportado e vendido num supermercado, mas apodrece e acaba no lixo. Acaba? Não. ILHA DAS FLORES segue-o até seu verdadeiro final, entre animais, lixo, mulheres e crianças. E então fica clara a diferença que existe entre tomates, porcos e seres humanos. Duração: 12 minutos.

 Obs. Os direitos autorais deste vídeo, pertencem aos proprietários do mesmo. Nosso site não hospeda nenhum vídeo aqui apresentado, apenas disponibiliza o link ou player (que executa esses filmes). Este material está hospedado no site You Tube – site de vídeos da internet.

Publicações relacionadas

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.