«

»

jul 18 2016

A utilização de ‘drones’ e “vants’ em estudos relacionados à Geografia

drone1Utilizado inicialmente pelo mercado militar, os veículos aéreos não tripulados – denominados “vants” – e os “drones”, ao longo do tempo, têm sido utilizados para diversas aplicações (como gerador de imagens e vídeos para a indústria da publicidade e propaganda; monitoramento sócio e ambiental; na gestão e controle da agricultura de precisão, entre outras). Nosso breve texto terá como foco principal a apresentação desta tecnologia em usos técnicos relacionados à Geografia.

No Brasil há muita pesquisa utilizando este tipo de equipamento, especialmente conduzidas pela “Embrapa Instrumentação” (localizada em São Carlos – SP), desde 1997. Este Centro de Pesquisa vêm desenvolvendo ao longo do tempo diversos modelos de “drones” e softwares cuja função é analisar de forma rápida e precisa as diversas imagens captadas pelos sensores fotográficos instalados. A figura 1 e 2 mostra dois modelos produzidos pela Embrapa.

Fonte da foto: http://www.canalbioenergia.com.br/drones-são-aliados-na-producao-agricola/

Figura 1. Drone em ação produzido pela Embrapa Instrumentação

Fonte: http://www.dci.com.br/especial/novas-ferramentas-para-melhorar-a-producao-no-campo-id394478.html

Figura 2. Drone pousado produzido pela Embrapa Instrumentação. Foto: Daniel Barreto.

Na atualidade, há informações de que mais de 40 países utilizam os mais variados modelos, sendo os Estados Unidos os líderes em termo de tamanhos, tipos e sofisticação. O Japão se destaca por apresentar mais de dois mil “vants” aplicados em pulverização e em outras aplicações na agricultura. No Brasil, os primeiros surgiram na década de 80. A figura 3 mostra o “Pelicano”, um “drone” produzido pela empresa SkyDrones, de Porto Alegre – RS. O equipamento é utilizado para pulverização e consegue transportar até 10 quilos de defensivos agrícolas.

Fonte: http://www.3patrias.com/2016/03/drone-para-pulverizacao-e-lancado-na-17.html

Figura 3. Drone “Pelicano” em ação

Um dos problemas, no Brasil, que ainda impede um maior avanço deste tipo de tecnologia no campo é o fato de que mesmo depois de 30 anos, não há ainda uma legislação e regulamentação para o uso destes equipamentos. Segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) vem sendo desenvolvido no Brasil uma regulamentação para operações não experimentais de Sistemas de Aeronaves Remotamente Pilotadas civis em áreas segregadas, porém, esta ainda não está pronta.

Devido à ausência de uma legislação específica sobre o assunto, os proprietários de “vant” no Brasil têm seguido as normas do aeromodelismo, preocupando com a segurança do jeito que podem. Desta maneira, já que não temos ainda uma legislação, também não há exigência de nenhum certificado ou curso para pilotar um “drone”, sendo necessário apenas um pouco de prática, condição esta que deverá mudar ao longo do tempo.

Dentre os principais usos agrícolas que podemos atribuir a esta tecnologia, podemos destacar: o monitoramento de área de pastagem (verificando do alto as condições do pasto, identificando as áreas que precisam ser recuperadas, por exemplo); a análise da plantação, buscando identificar, por exemplo: falta ou excesso de irrigação; falhas de plantio; contagem da quantidade de plantas; detecção de doenças e pragas (pela coloração da planta, etc.); o planejamento para abertura de estradas, já que fica mais fácil determinar do alto as melhores coordenadas para abrir estradas em uma propriedade; entre outras utilizações. O vídeo a seguir apresenta a propaganda de um “drone” pulverizador marca “DJ1 -Agras MG-1”.

Como nosso objetivo era produzir um breve texto sobre o uso destas tecnologias finalizamos por aqui. Porém, indicamos a seguir uma série de links onde você poderá enriquecer ainda mais o seu aprendizado sobre o tema.

Também recomendamos que você acesse nossa outra postagem, na categoria “vídeos”, contendo uma serie de filmes sobre a tecnologia “vant” e seu uso, especialmente no setor agrícola. CLIQUE AQUI para acessar a postagem: “O uso de “drones” e “vants” em estudos relacionados à Geografia.

 

Publicações relacionadas

Rating: 5.0. From 1 vote.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *